Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Papa Francisco \ Atividades

Concerto no Vaticano. Papa: seja ocasião para semear ternura e acolhimento

Papa Francisco na Sala Clementina com os artistas do Concerto "Natal no Vaticano"

15/12/2017 15:19

“Queridos irmãos e irmãs, vos acolho neste encontro que me permite exprimir a minha apreciação pela participação no concerto ‘Natal no Vaticano’, cujo produto será doado para financiar dois projectos em favor das crianças da República Democrática do Congo e dos jovens da Argentina”.

Assim iniciou o Papa Francisco, na manhã desta sexta-feira (15/12) na Sala Clementina, o seu discurso aos cerca de 180 artistas que amanhã à noite se exibirão na Sala Paulo VI para o “Concerto de Natal 2017”.

Francisco agradeceu em seguida os promotores do evento e todos os que vão participar, dizendo que deste modo manifestam sensibilidade às necessidades dos mais indigentes e desfavorecidos que pedem ajuda e solidariedade.

O Natal é uma festa sentida, participada, capaz de aquecer os corações mais frios, de remover as barreiras da indiferença para com o próximo, de encorajar a abertura aos outros e ao dom gratuito, sublinhou ainda o Santo Padre:

“Por isso é preciso difundir mesmo hoje a mensagem de paz e fraternidade própria do Natal; é necessário representar este acontecimento exprimindo os sentimentos autênticos que o animam. E a arte é um meio formidável para abrir as portas da mente e do coração ao verdadeiro significado do Natal”.

A criatividade e a genialidade dos artistas, com as suas obras, e mesmo com a música e o canto, conseguem alcançar os registros mais íntimos da consciência, ressaltou o Pontífice, formulando os melhores votos para que o Concerto de Natal no Vaticano possa ser uma ocasião para semear a ternura, a paz e o acolhimento, que brotam da gruta de Belém.

“Renovo a cada um a minha gratidão e, enquanto faço os meus cordiais votos de serenas Festividades natalícias, cheias de alegria e paz, a todos vós, às vossas famílias e entes queridos, dou a minha bênção” – terminou dizendo Francisco.

 

15/12/2017 15:19