Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ África

Cabo Verde - Aumento do salário mínimo a partir de 2018

Ulisses Correia e Silva, 1º Ministro de Cabo Verde - RV

28/11/2017 12:15

Aumento do salário mínimo nacional de 11 para 13 mil, a vigorar a partir de 2018.

A proposta foi avançada hoje pelo Primeiro Ministro Caboverdiano, Ulisses Correia e Silva, na apresentação do Orçamento do Estado para 2018, discutida ontem na Assembleia Nacional.

O chefe do Governo adiantou que o orçamento de 2018 vai aumentar a massa salarial na Administração Pública na ordem dos sete por cento. Ulisses Correia Silva avançou que o objectivo é de atingir até 2021 o nível de salário mínimo de 15 mil escudos.

Este Orçamento visa  reforçar e consolidar as medidas de incentivos aos investimentos privados, empreendedorismo e a criação de emprego.

Ulisses Correia e Silva demonstrou-se  confiante em como o país irá ultrapassar essa crise.

Reagindo às declarações do Primeiro Ministro, a líder do grupo parlamentar do PAICV (oposição) Janira Hopffer Almada, disse que este Orçamento não serve para responder às necessidades das famílias caboverdianas

Por seu lado o presidente da UCID, António Monteiro, adiantou que a nível da narrativa a proposta do Orçamento satisfaz a UCID, mas que na prática não justifica.

O Orçamento do Estado para 2018 (OE2018) é de 61,254,8 milhões de contos. Segundo as perspectivas, o Governo vai permitir um crescimento económico de 5,5%, com um défice público de 3,1%.

(Rádio Nova - Emissora cristã de Cabo Verde)

28/11/2017 12:15