Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Outros Continentes

Portugal: Incêndios e seca preocupam episcopado

Dom Manuel Clemente /Foto: Agência Ecclesia - RV

14/11/2017 09:22

A referência aos incêndios e à seca marcou esta 2ª feira, 13, em Fátima, o discurso de abertura da Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa.

Realidades preocupantes que exigem uma nova “relação com a natureza”, sublinhou D. Manuel Clemente, Presidente da CEP, uma intervenção em que apresentou a agenda de trabalhos do episcopado.

“Dadas as graves e gravosas circunstâncias que afetaram e afetam o nosso país, entre os incêndios e a seca, com tantas perdas de vidas e danos materiais de toda a ordem, temos de rever profundamente a nossa relação com o meio ambiente”, afirmou o Cardeal Patriarca que defendeu a concretização de uma “ecologia integral”, “a que o Papa Francisco dedicou a encíclica Laudato si’.

Já quanto à “proteção da vida humana”, da conceção à morte natural, o presidente da CEP disse que o “caminho é claro e obrigatório”, e destacou aqueles que “dão o seu melhor para defender e promover a vida em todas as suas fases”.

D. Manuel Clemente chamou ainda a atenção para o Dia Mundial dos Pobres, a 19 de novembro, uma iniciativa do Papa Francisco, e lançou alguns dos temas em foco nesta assembleia plenária.

Temas no âmbito da família e da juventude, a formação nos seminários, as orientações relativas à preparação para o matrimónio “à luz da exortação apostólica pós-sinodal Amoris Laetitia”, e a “preparação da próxima assembleia do Sínodo dos Bispos sobre ‘os jovens, a fé e o discernimento vocacional´”.

A Assembleia Plenária da CEP termina no dia 16, em Lisboa, com a inauguração das novas instalações da Conferência Episcopal Portuguesa.

De Lisboa, o nosso correspondente Domingos Pinto.

14/11/2017 09:22