Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ Mondo em geral

Moçambique: Países da Commomwealth discutem migração digital em Maputo

Antena satelitar em Canberra, Austrália - EPA

15/09/2017 16:14

A Capital moçambicana, Maputo, acolheu de segunda até esta quarta-feira, o Fórum das Tecnologias de Informação e Comunicação da Commomnwealth. Trata-se de um evento levado a cabo pela Organização das Telecomunicações da Commomwealth (CTO, sigla em Inglês) em parceria com o Instituto das Comunicações de Moçambique (INCM), e que contou com a participação de 21 países membros da Commomwealth.

Dirigindo-se aos participantes, no encerramento do evento, o ministro dos Transportes e Comunicações de Moçambique, Carlos Mesquita, afirmou que as preocupações de Moçambique no que concerne às Tecnologias de Informação e Comunicação, devem constituir prioridades da Organização das Telecomunicações da Commomwealth.

Estreitamento de parcerias para desenvolvimento das TIC's

Ainda de acordo com Carlos Mesquita, durante a reunião, os participantes e representantes dos 21 países da Commomwealth estreitaram relações de parceria para o desenvolvimento das Tecnologias de Informação e Comunicação.

Investir em infra-estruturas, prover serviços acessíveis às comunidades, promover a literácia dirigital e priorizar a banda larga consitutuem parte de um conjuntos de acções a serem implementadas de imediato, olhando para futuro digital que se pretende.

Sector Público deve investir nas inovações

Para o secretário-geral da Organização das Telecomunicações de Moçambique (CTO) Chailor Taylor, o investimento do sector público nas Tecnologias de Informação e Comunicação é de extrema importância, e torna-lás acessíveis às comunidades.

Por seu turno, a ponto focal da Organização das Telecomunicações da Commomwealth em Moçambique, Hermínia Fernandes, faz um balanço positivo do evento de Maputo.

De referir que Moçambique é o único país falante da língua portuguesa que faz parte da Commonwealth desde 1995. O Fórum das Tecnologias de Informação e Comunicação das telecomunicações da Commonwealth decorreu durante três dias, tendo discutido temas como, segurança cibernética, economia digital e a regulamentação do mundo digital.

Hermínio José, Maputo

15/09/2017 16:14