Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Outros Continentes

Lisboa: ONGD pedem “coerência nas politicas para o desenvolvimento”

Rita Leota, Directora Executiva da ONGD - RV

14/09/2017 18:30

Lisboa: ONGD pedem “coerência nas politicas para o desenvolvimento”

É o desafio que a diretora executiva da Plataforma Portuguesa das Organizações Não Governamentais para o Desenvolvimento lança em entrevista à Rádio Vaticano.

Declarações de Rita Leote à margem da 2ª edição do Ciclo «Conversas Coerentes» sobre «erradicação da pobreza e promoção da prosperidade» -que teve lugar no passado dia 7, no Instituto Camões, em Lisboa.

Uma iniciativa centrada na coerência das politicas de desenvolvimento organizada pelas ONGD FEC (da Conferência Episcopal Portuguesa), IMVF - Instituto Marquês de Valle Flôr, e a CIDSE - uma aliança internacional de agências católicas de desenvolvimento.

Para a diretora executiva das ONGD, que também participou no debate, é necessária uma politica de desenvolvimento “mais inclusiva”. Por isso, é preciso partilhar as dificuldades das organizações e as suas necessidades e transmitir “a voz dos atores que não têm tanta voz”, sublinha aquela responsável.

“Muitas vezes os processos chegam-nos já numa fase em que, no fundo, partilhar a nossa opinião e vê-la inscrita a nível das politicas, já não possível”, diz Rita Leote que espera que “os mecanismos de desenvolvimento não sejam instrumentalizados, não sejam utilizados pelos atores para justificar outros interesses mais de âmbito particular”.

Em conversa com o nosso correspondente Domingos Pinto, a diretora executiva das ONGD/Portugal faz o enquadramento do debate e deixa algumas pistas de reflexão centradas no desenvolvimento.

14/09/2017 18:30