Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Papa Francisco \ Discursos

Papa saúda crianças e pessoal do Hospital pediatrico de Génova

Papa com crianças no Hospital Pediatrico de Genov - AP

27/05/2017 16:56

Caros irmãos e irmãs

Na minha  visita a Génova não podia faltar uma passagem por este Hospital, onde são curadas crianças, porque o sofrimento das crianças é, certamente, a realidade mais difícil  de se aceitar; e por isso o Senhor Chama-me a estar, mesmo se brevemente, próximo destas crianças e rapazes e seus familiares.

É com estas palavras que Papa Francisco iniciou o discurso de saudação dirigido ao pessoal  do Hospital Gaslini de Génova. Logo a seguir saudou todos os trabalhadores dessa mesma estrutura hospitalar:

Saúdo todos vós que trabalhais nesta renomada estrutura, que, de há oitenta anos a esta parte se dedica com paixão  e competência aos cuidados de assistência da infância com a importante  ajudada da pesquisa.

Dirigindo-se aos responsáveis do mesmo Hospital Francisco exprimiu também a sua apreciação aos responsáveis do Hospital, desde o presidente da fundação, o arcebispo  de Génova, aos médicos, ao pessoal paramédico, a todos os colaboradores nas diversas especialidades, assim como aos Frades menores capuchinhos e a todos os que assistem e ajudam as crianças doentes com amor e dedicação.

Este instituto, disse Francisco, surgiu  como acto de amor do Senador Gerolamo  Gaslini, que para honrar a filha morta em tenra idade, fundou-o despindo-se de todos os seus bens: sociedade, estabelecimentos, imóveis, dinheiro e inclusive da sua habitação.

Mais adiante Papa Francisco evocou as palavras do fundador desse hospital, o qual afirmou, no omento da fundação:

É minha firme  vontade  que este instituto tenha como base e guia a fé católica (…) que levede toda a actividade e que conforte  toda a dor”.

E o Papa prosseguiu aludindo ao impacto da fé que opera através da caridade:

Quem  serve os doentes com amor serve a Jesus que nos abre o reino dos Céus.

Ao terminar Francisco exprimiu a sua vizinhança aos doentes e a sua proximidade a todos:

Quanto a mim, acompanho-vos com a oração e Benção do Senhor, e de todo o coração invoco  sobre vós, a Benção do Senhor e sobre todos os doentes e seus familiares

No final do encontro, o Papa assinou o Livro de Honra do Hospital deixando esta mensagem: 

Para conhecimento, trazemos em seguida as palavras escritas pelo Santo Padre  no Livro de Honra do Hospital Pediátrico "Giannina Gaslini":

"A todos aqueles que trabalham neste Hospital, onde a dor encontra a ternura, o amor e a cura, agradeço de coração o seu trabalho, a sua humanidade, as suas carícias a tantas crianças que, já de pequenos, carregam a cruz. Com admiração e gratidão. E, por favor, nos vos esqueçais de rezar por mim." 

Francisco 

27/5/17

(MM e DA)

27/05/2017 16:56