Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Vaticano \ Atividades

Fátima 2017. Cardeal Vallini presidiu a vigília em Roma

Papa Francisco e Cardeal Agostino Vallini - AFP

16/05/2017 09:54

No passado sábado dia 13 de maio teve lugar na Basílica de Santa Maria Maior em Roma uma vigília mariana presidida pelo vigário da Diocese, o Cardeal Agostino Vallini, por ocasião do Centenário das Aparições de Nossa Senhora na Cova da Iria.

Enquanto nesse dia em Fátima o Papa canonizava os pastorinhos Francisco e Jacinta, que se tornaram nos mais jovens santos não-mártires da história da Igreja Católica, em Roma a Pastoral Universitária diocesana em colaboração com a Pastoral da Juventude e a Pastoral Vocacional promoveu uma oração mariana plena de preces e emoção.

A vigília mariana decorreu em Roma em ligação direta com quatro locais no mundo: Fátima, Buenos Aires, Czestochowa e Nazaré. Foi um itinerário mariano o que os jovens romanos propuseram percorrendo a recitação do Rosário. E a figura de Maria atravessou toda a oração nos mistérios gloriosos proclamados e meditados.

O Cardeal Agostino Vallini falou à Rádio Vaticano na reportagem da jornalista Marina Tomarro:

“ Fecha-se um grande dia de fé e de devoção a Maria, nossa mãe, mãe do mundo inteiro. De Fátima sentimos todo o coração apostólico do Papa Francisco. Esta noite, neste santuário de Roma e do mundo, Santa Maria Maior, onde é venerada Maria, Salus Populi Romani, onde sempre volta o Santo Padre, elevamos a Nossa Senhora o nosso louvor e o nosso pedido de intercessão, meditando os mistérios da glória, ou seja, invocando dela a força para não desviar nunca o olhar do nosso destino, aquele que ilumina a vida, aquele que dá a força, coragem e alegria. Portanto, estamos satisfeitos e gratos por este dia de graça que o Senhor nos concedeu.”

(RS)

16/05/2017 09:54