Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Outros Continentes

Honduras - Cardeal Maradiaga apela o país a sair da corrupção

Cardeal Maradiaga, ao centro. - AP

18/04/2017 16:51

Pôr termo à violência criminal e derrotar a corrupção nas Honduras. Este o apelo lançado pelo Cardeal Óscar Rodriguez Maradiaga na homilia da Missa de Ressurreição do Senhor celebrada domingo na Catedral de Tegucigalpa. O arcebispo definiu a violência e a corrupção como flagelos que afundam cada vez mais as próprias raízes na sociedade hondurenha. “Não podemos continuar sempre a remexer o mesmo azedume, não podemos continuar na violência, na corrupção” – disse o purpurado perante centenas de fiéis que participaram na missa pascal. O Cardeal Maradiaga convidou-os a procurarem o bem dos céus e não da terra. E afirmou que a corrupção é uma das causas da pobreza nas Honduras. E mais uma vez exortou todos a voltarem para Deus, caso contrário tudo se transforma na “lei da selva, no ódio, na vingança, na morte”.

“A última palavra – disse exortando os fieis a anunciarem a Ressurreição  - não é o poder da morte, do pecado, do egoísmo, da corrupção, da exclusão, da aniquilação dos pobres. A última palavra é a do Deus da vida, da misericórdia, da esperança”. E concluiu: “O nosso dever é levar a luz onde há obscuridade e anunciar Cristo Ressuscitado nos poços onde se afundam os excluídos” . 

(DA) 

18/04/2017 16:51