Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ África

Moçambique. D. Inácio Saure: ”jovens protagonistas na Igreja”

Bispo de Tete, Moçambique, Dom Inácio Saure - RV

10/04/2017 12:51

O Bispo da Diocese de Tete, em Moçambique, participou de 5 a 8 de abril, em Roma, no Fórum Internacional promovido pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida e pela Secretaria do Sínodo, sobre o tema “De Cracóvia a Panamá – o Sínodo em caminho com os jovens”, um percurso rumo ao Sínodo que terá lugar no próximo mês de outubro.

Aos microfones da Rádio Vaticano Dom Inácio disse que o Fórum (que culminou com a vigília de oração na Basílica Santa Maria Maggiore presidida pelo Papa Francisco e a Missa do Domingo de Ramos, 32° Dia Diocesano da Juventude) foi uma oportunidade para apresentar aos jovens e responsáveis da pastoral juvenil das Conferências Episcopais o Documento Preparatório e a dinâmica da consultação nas Igrejas particulares.

Sobre o Fórum Internacional Dom Inácio deu alguns depoimentos:

“Foi um encontro internacional, posso dizer, da pastoral juvenil da Igreja, com o tema “De Cracóvia a Panamá”, isto na linha da preparação da próxima Jornada Mundial da Juventude, que se vai realizar em Panamá. A segunda componente deste mesmo encontro foi o estudo do Documento de Preparação da próxima Assembleia Sinodal dos Bispos que tem por tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”.

Durante os quatro dias fomos analisando estes temas e a participação dos jovens foi muito grande, com quase todas as Conferências Episcopais representadas e muitos movimentos eclesiais.

Primeiro foi feita a avaliação daquilo que foi a Jornada Mundial da Juventude de Cracóvia. Depois foi a vez do Dicastério de Leigos, Família e Vida que apresentou o documento de preparação da próxima Assembleia Sinodal dos Bispos sobre a juventude”.

Em seguida Dom Inácio falou também dos trabalhos que se esperam fazer a nível da Conferência Episcopal e de cada uma das dioceses em Moçambique, como seguimento deste Fórum Internacional, ressaltando particularmente que os jovens devem ser protagonistas da sua vida e da sua fé, devem ser eles a fazer o próximo Sínodo e que devem ser e sentir-se Igreja. E terminou com uma mensagem e um apelo a todos, em preparação do Sínodo e da JMJ de Panamá:

“A mensagem que lanço é que verdadeiramente todos os jovens, sem excepção, se empenhem na preparação deste Sínodo. Portanto, que eles não digam “bom, que se realize o Sínodo sobre nós”, mas que sejam eles a realizar o Sínodo. A partir do estudo do Documento Preparatório, que não é um documento definitivo, que respondamos a todo o Questionário e possamos enriquecê-lo, de modo que o Instrumento de Trabalho do Sínodo seja fruto daquilo que foi a colaboração de todos os jovens, e particularmente aqui no caso de Moçambique”.

Oiça qui a entrevista na íntegra com Dom Inácio Saure:

 

10/04/2017 12:51