Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ África

Somália: cento e dez mortos de fome em 48 horas

Somália: cento e dez mortos de fome em 48 horas - REUTERS

07/03/2017 10:52

Cento e dez pessoas morreram no sul da Somália nas últimas 48 horas na sequência da seca que se abateu sobre o Pais, disse no fim da tarde do passado domingo 5 de Março o primeiro-ministro da Somália Hassan Ali Khaire, tendo acrescentado que as vitimas tinham também sofrido de diarreias agudas provocadas pela consumação de água insalubre nas regiões do sul do País.

Em finais do passado mês de Fevereiro o presidente da Somália, Mohammed Abdullahi Farmaajo chegou a decretar o estado de catástrofe nacional pela seca que agora ameaça cerca de três milhões de pessoas.

A falta de chuva no País provocou uma queda de 70% na produção de alimentos em algumas partes da Somália. Organismos internacionais temem que esta situação precipite o País numa crise de fome semelhante àquela que em 2011 levou à morte, por fome, nesse mesmo Pais, de 250 mil pessoas, mais de metade das quais menores de cinco anos.

07/03/2017 10:52