Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ África

Maputo: UE congratula-se com o avanço nas negociações

Maputo: UE congratula-se com o avanço nas negociações - ANSA

02/03/2017 12:03

A chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Federica Mogherini, congratulou-se esta quarta-feira com o avanço positivo nas negociações em Moçambique e louvou a determinação do Governo e da Oposição em  trabalhar para a paz e a reconciliação do País e no País.

No comunicado divulgado esta quarta-feira em Bruxelas, e citado pela Agência de informação Moçambicana AIM, o Presidente da República, Filipe Nyusi e Afonso Nhlakama, líder do principal partido da oposição  a (Renamo), anunciaram o início de uma nova fase nas negociações, e concordaram em criar um grupo internacional de apoio ao processo de paz no País, disse Mogherini, para quem as negociações directas entre as duas partes podem agora  debruçar-se sobre  a construção de uma solução sustentada do progresso atingido graças à mediação  internacional.

Integram o Grupo de Contacto sete personalidades, incluindo os embaixadores da Federação Suíça (Presidente do Grupo), o dos Estados Unidos da América (Co-Presidente), o da República Popular da China, o chefe da missão diplomática  do Reino da Noruega, e os Altos-Comissários da República do Botswana, a do Reino Unido  da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte e o chefe da missão da União Europeia em Moçambique. O Grupo Grupo, cujas actividades terão início ainda esta semana, juntar-se-á às  Comissões de Trabalho constituídas por entidades nacionais já designadas pelo  Presidente da República e pelo líder da Renamo que juntos prosseguirão em busca da paz efectiva e definitiva, tendo por objectivo debruçar-se sobre questões militares e  de descentralização.

No dia 03 de Janeiro de 2017, Afonso Dhlakama, líder da Renamo, maior partido da  oposição em Moçambique, confirmou a prorrogação por mais 60 dias do período de  tréguas acordado com o Presidente Nyusi nos contactos telefónicos mantidos  entre as partes, na busca de uma paz efectiva.

02/03/2017 12:03