Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ África

Senegal e Cabo Verde querem ter ligação marítima entre os dois países

Cabo Verde e Senegal querem ter ligação marítim - RV

14/02/2017 18:59

A nova embaixadora do Senegal em Cabo Verde, Seynabou Dial, garantiu hoje que vai continuar os esforços para o estabelecimento da ligação marítima Praia – Dacar e trabalhar para reforçar as excelentes relações económicas e políticas existentes.

A diplomata falava na cerimónia de apresentação das cartas credenciais ao Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca.

“Continuamos convencidos de que a realização desta ligação marítima terá efeito positivo, não só do ponto de vista do nosso comércio bilateral, mas também no contexto mais amplo da facilitação do nosso comércio com outros países africanos, Também com o resto do mundo. Eu tenho em mente que os nossos dois países podem chegar ainda mais perto, fazendo um intercâmbio regular de experiências mutuamente benéficas. Por exemplo nos sectores do turismo e das energias renováveis Cabo Verde tem uma rica experiência que Senegal pode tirar proveito”.

Seynabou Dial garante ainda que vai trabalhar para revitalizar os mecanismos de colaboração nos domínios dos assuntos marítimos, agricultura, saúde, cultura, entre outros.

Por seu lado o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, destacou as relações formais entre Cabo Verde e Senegal que datam desde os primórdios da independência de Cabo Verde.

O Chefe Estado caboverdiano disse que os dois países devem continuar a encontrar forma de trabalhar em conjunto.

Para além da embaixadora do Senegal, Jorge Carlos Fonseca recebeu também as cartas credenciais do novo embaixador de Luxemburgo, Jean Jaques WelFring, que terá residência em Dacar. 

(Rádio Nova - Cabo Verde) 

14/02/2017 18:59