Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Outros Continentes

Irmã Lúcia: Bispo de Coimbra destaca «dimensão interior» da vidente

Processo de canonização de Irmã Lúcia - RV

14/02/2017 11:31

O sublinhado à Rádio Vaticano é de D. Virgílio Antunes no contexto do processo de canonização da Irmã Lúcia, cuja fase diocesana encerrou ontem, dia 13, em Coimbra.

“É uma grande alegria para a diocese de Coimbra”, sublinha o prelado que diz tratar-se de “uma certa continuidade da autenticidade e da veracidade desse momento inicial“ que foram as aparições.

D. Virgílio Antunes chama a atenção para “a abundância de documentos”, nas “mais de 15 mil páginas" do processo diocesano, mas destaca sobretudo a “dimensão interior, a dimensão da vivência da fé, da esperança e da caridade” da Irmã Lúcia.

“Acima de tudo este seu desejo de ser fiel a Deus”, diz o prelado que já em relação a uma possível canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto diz que “seria um sinal muito grande para o mundo” o desfecho deste processo.

“Não podia haver, do ponto de vista eclesial, um acontecimento melhor e maior para assinalar esta passagem dos 100 anos das aparições de Nossa Senhora em Fátima”, sublinha D. Virgílio Antunes.

O bispo de Coimbra em entrevista ao nosso correspondente Domingos Pinto destaca ainda a visita do papa Francisco a Fátima, que “vem como peregrino, de uma forma simples e humilde com o evangelho na boca, nas mãos e no coração”.

14/02/2017 11:31