Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Papa Francisco \ Atividades

Papa encontra Abbas: retomar as negociações directas de paz

Papa Francisco e o Presidente do Estado da Palestina, Mahmoud Abbas - REUTERS

15/01/2017 09:49

Na manhã deste sábado (14/01), o Papa recebeu no Vaticano Mahmoud Abbas, Presidente do Estado da Palestina. Durante o encontro, foram destacadas as boas relações entre Santa Sé e Palestina, estabelecidas no Acordo global de 2015, que abrange aspectos essenciais da vida e da actividade da Igreja na sociedade palestina.

Neste contexto, foi recordada também a importante contribuição dos católicos em favor da promoção da dignidade humana e na ajuda aos mais carentes, especialmente nos campos da educação, saúde e assistência.

Os dois Chefes de Estado se detiveram ainda sobre o processo de paz no Oriente Médio, esperando que as negociações directas entre as partes se reiniciem e resultem no fim da violência, que tem causado sofrimentos inaceitáveis às populações civis.

Como afirma um comunicado divulgado após o encontro, o Papa e Abbas contam com o apoio da comunidade internacional no sentido de tomar medidas que favoreçam a confiança recíproca e contribuam para criar um clima que permita decisões corajosas em favor da paz.

Enfim, os dois ressaltaram a importância de salvaguardar o carácter sagrado dos Lugares Santos para as três religiões monoteístas e dedicaram atenção aos outros conflitos que afligem a região.

Entre os presentes trocados, Mahmud Abbas ofereceu a Francisco uma pedra da Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém, de acordo com Greg Burke, director da Sala de Imprensa da Santa Sé.

A audiência privada foi o terceiro encontro entre o Papa e Abbas depois da visita em 2014 do Pontífice a Israel e aos Territórios palestinos ocupados e da vinda do líder da Palestina ao Vaticano em 2015 para a canonização de duas religiosas palestinas, Mariam Bawardi (1846-1878) e Marie-Alphonsine Ghattas (1843-1927).

Ao sair do Vaticano, Abbas inaugurou a embaixada da Palestina junto à Santa Sé, na Via di Porta Angelica. A representação diplomática está localizada num edifício que já abriga as embaixadas do Peru e Burkina Faso junto à Santa Sé. (BS/CM)

15/01/2017 09:49