Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Outros Continentes

“Não podemos descartar ou dispensar a figura do jornalista”

Padre Américo Aguiar Aguiar - RV

12/01/2017 09:53

O alerta é do padre Américo Aguiar, Presidente do Grupo Renascença Multimédia em entrevista à Rádio Vaticano no contexto dos desafios dos «media» em Portugal.

O sacerdote oriundo do Porto, mostra-se preocupado com o desemprego de jornalistas, “um problema grave para os próprios, como é óbvio, mas também para as empresas de comunicação e tem de ser obrigatoriamente para a sociedade portuguesa”.

Já em relação á Rádio Renascença, fundada em 1937, o padre Américo Aguiar diz que é preciso “dar continuidade a esta já longa viagem da Emissora Católica Portuguesa”.

O Presidente do Conselho de Gerência da «RR» considera essencial “assumir de um modo muito real aquilo que foi sendo feito com o sacrifício de tantos, que tem a ver com a sustentabilidade desta casa e desta empresa e da vida dos 250 trabalhadores e das suas famílias”.

Em conversa com o nosso correspondente Domingos Pinto, o também diretor do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais da igreja em Portugal lembra ainda o papel de Mário Soares na defesa da «RR» nos tempos difíceis do período revolucionário em 1974.

Já em relação às novas tecnologias nos «media» da igreja, o padre Américo Aguiar deixa uma advertência: “A nossa presença só faz sentido se proporcionar o encontro com Cristo”, ou seja, temos de ser capazes de passar dessa relação digital para “o próximo, para os outros, para o olhar de coração a coração”.

12/01/2017 09:53