Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

App:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Outros Continentes

Lisboa: Cardeal Patriarca pede para contrapor “paz à guerra”

Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente - RV

04/01/2017 09:16

O desafio foi lançado por D. Manuel Clemente na Missa de Ano Novo que presidiu no passado domingo, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

Uma celebração a que se seguiu uma procissão com a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima e um gesto “pela paz”, junto ao Padrão dos Descobrimentos, por iniciativa do movimento juvenil ‘Eu Acredito’.

Na sua homilia, partindo da mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial da Paz, D. Manuel Clemente explicou que a não-violência ativa “é a maneira mais eficaz de conseguir a paz”.

“A paz constrói-se, porque se ela não nasce nos corações não nascerá nos tratados e não nascerá entre as nações; mas quando nasce nos corações, sim”, acrescentou D. Manuel Clemente na Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus.

Para o Patriarca de Lisboa, “a paz também se discute e debate nos areópagos nacionais e internacionais, mas na raiz destes sentimentos está a família. A família de Deus, que é a comunidade cristã, nós uns com os outros, é o espírito de Cristo a trabalhar em nós e a pôr-nos a trabalhar para o mundo e bem do mundo”.

De Lisboa, o nosso correspondente Domingos Pinto.

04/01/2017 09:16