Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Atualidade \ Américas

Washington: Universidade recompensa lucros que teve com venda escravos

Universidade de Georgetown compensa venda que teve com venda de Escravos - ANSA

01/09/2016 18:47

Segundo noticias difundidas esta quinta-feira pela a Universidade de Georgetown e citada pela AFP essa mesma universidade adoptou uma série de medidas para compensar os lucros que teve com a venda de 300 escravos no século XIX. A medida principal consiste em conceder  vantagens nas matriculas a descendentes de escravos  .

Segundo a mesma fontes o reitor da Georgetown, John Degioia Degioia, anunciará os passos a seguir num discurso e dará uma desculpa formal. A compensação inclui também renomear os prédios da universidade em homenagem aos escravos, a criação de um novo instituto para o estudo da escravidão e a construção de um memorial em homenagem aos escravos cujo trabalho beneficiou o campus.

              Georgetown, uma universidade jesuíta fundada em 1789 em Washington DC, é uma das mais antigas dos Estados Unidos.
Outra universidades americanas - incluindo Brown, Columbia e Harvard - admitiram seus vínculos com o tráfico de esclavos (M.M.).

01/09/2016 18:47