Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Igreja \ Outros Continentes

Sismo: ajuda da Conferência Episcopal Italiana

- ANSA

25/08/2016 15:47

Roma - A Conferência Episcopal Italiana (CEI) manifesta sua solidariedade concreta às regiões do Lazio e das Marche – centro da Itália – atingidas na madrugada desta quarta-feira (24/08) pelo terramoto de 6,2 graus na escala Richter, cujo balanço provisório é de mais de 247 mortos.

 

Em consequência do abalo sísmico, a Conferência Episcopal Italiana doa “um milhão de euros do fundo oito por mil para fazer frente às primeiras urgências e às necessidades essenciais”. “A Igreja na Itália detém-se em oração por todas as vítimas e expressa fraterna proximidade às populações atingidas por este dramático evento”, lê-se no comunicado da presidência da CEI, que convida as dioceses, a rede das paróquias, dos institutos religiosos e das agregações laicais a aliviar as difíceis condições em que as pessoas atingidas se encontram.

 

Com essa finalidade, a Igreja na Itália convoca uma coleta nacional, a realizar-se em todas as Igrejas da Península a 18 de Setembro próximo, em concomitância com o 26º Congresso Eucarístico Nacional, “como fruto da caridade que deste deriva e de participação de todos diante das necessidades concretas das populações atingidas.”

 

Por sua vez, a Arquidiocese de Milão manifesta a sua participação no luto e no sofrimento que atingiram os habitantes de várias localidades do Lazio e das Marche, fazendo-o mediante “a oração e a proximidade de afeto a todos os homens e mulheres atingidos por esta tragédia”.

“Empenhamo-nos em favor destas populações com obras de misericórdia, aderindo à coleta proposta pela Conferência episcopal a toda a Igreja italiana”, e, imediatamente, “através da Caritas ambrosiana e de outras estruturas diocesanas tanto com o envio de agentes e voluntários ao lugar do sismo, como com uma coleta específica de fundos como uma primeira ajuda”, declarou o Arcebispo de Milão, Cardeal Angelo Scola.

 

“Nas próximas horas teremos uma ideia mais clara e poderemos iniciar um plano de intervenção coordenando-nos com a Caritas italiana e as outras Caritas diocesanas. Mas desde já queremos expressar a nossa solidariedade. Por essa razão depositamos uma primeira soma de 50 mil euros e convidamos os fiéis a dar  a sua contribuição”, disse em comunicado o diretor da Caritas da arquidiocese milanesa, Luciano Gualzetti.

 

25/08/2016 15:47