Ler o artigo Acessar menu principal

Redes Sociais:

RSS:

Rádio Vaticano

A voz do Papa e da Igreja em diálogo com o mundo

outras línguas:

Papa Francisco \ Atividades

O Paraíso mais do que um lugar é um estado de alma – o Papa na audiência geral

Papa Francisco na Praça S. Pedro - ANSA

26/11/2014 11:54

Quarta-feira, 26 de novembro – a chuva que caiu em Roma esta manhã não impediu que estivessem na Praça de S. Pedro largos milhares de peregrinos para saudarem e ouvirem o Papa Francisco durante a audiência geral. Tema da catequese de hoje a Igreja que peregrina em direção ao Reino.

“A Igreja não é uma realidade estática, imóvel, finalizada em si mesma, mas vive na história caminhando continuamente para a meta última e maravilhosa que é o Reino dos Céus, do qual a Igreja na terra é o gérmen e o início.”

 

Esta citação do Concílio Vaticano II – continuou o Santo Padre – permite-nos dizer que a meta para a qual caminha a Igreja é a:

 

“…nova Jerusalém, o Paraíso: este, mais do que um lugar, é um «estado de alma no qual se hão-de realizar, de forma superabundante, as nossas expectativas mais profundas e alcançará pleno amadurecimento o nosso ser de criaturas e filhos de Deus.”

 

Então contemplaremos a Deus face a face – afirmou o Papa – ficando envolvidos completamente pela sua alegria, pela sua paz e pelo seu amor. E quando terá lugar esta passagem final? “Ignoramos o tempo, mas sabemos que há continuidade e comunhão entre a Igreja celeste e a Igreja que ainda caminha sobre a terra, porque, na visão cristã, a distinção fundamental não é entre quem está morto e quem está vivo, mas entre quem está em Cristo e quem não está n’Ele” – declarou o Santo Padre.

 

Este é o elemento determinante e verdadeiramente decisivo para a nossa salvação, para a nossa felicidade: estar em Cristo – afirmou o Papa Francisco – e “este universo que nos abriga e sustenta, como escreve S. Paulo, também ele será libertado da escravidão da corrupção, para entrar na liberdade gloriosa dos filhos de Deus”.

 

Portanto, a transformação prometida já começou a realizar-se a partir da morte e ressurreição de Cristo – concluiu o Papa Francisco – e não será uma aniquilação do universo e de tudo o que nos rodeia, mas é uma nova criação que levará todas as coisas à sua plenitude de ser, de verdade e de beleza.

 

Nesta audiência geral o Papa Francisco saudou também os peregrinos de língua portuguesa:

“Com grande afeto, saúdo os peregrinos de língua portuguesa, com votos de que possais vós todos dar-vos sempre conta do dom maravilhoso que é pertencer à Igreja. Vele sobre o vosso caminho a Virgem Maria e vos ajude a ser sinal de confiança e esperança no meio dos vossos irmãos. Sobre vós e vossas famílias desça a Bênção de Deus.”

Antes da bênção final e durante as saudações em língua italiana o Papa Francisco pediu as orações de todos para a sua viagem à Turquia neste que será também um novo encontro entre os apóstolos Pedro e André.

O Papa Francisco a todos deu a sua bênção! (RS)

26/11/2014 11:54